saiba mais sobre pitiriase versicolor, conhecida como micose de praia

Muita gente aproveita o carnaval para relaxar em regiões litorâneas, mas é preciso tomar cuidados com a pele. Além das possíveis queimaduras por causa da exposição desprotegida ao sol, a pitiríase versicolor também costuma ser comum nesta época do ano. No entanto, o problema é pouco conhecido e sempre deixa dúvidas.

 

Tarde Nacional desta quarta-feira (4) entrevistou a dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Livia Pino, que esclareceu que a micose pode se manifestar de diversas formas e colorações.

 

“O nome pitiríase versicolor é justamente porque ela pode ter várias cores. Então não é só a mancha branca, que é a mais conhecida, chamada de pano branco, mas ela pode ser rosada e escura também. O fungo que causa essa doença vive na nossa pele, mas não necessariamente essas poessoas vão desenvolver a doença. Existe alguma predisposição para isso. O calor é um dos fatores que fazem a doença aparecer mais facilmente”, explicou a médica.

Veja e ouça a entrevista completa em: http://m.radios.ebc.com.br/tarde-nacional/edicao/2015-02/saiba-mais-sobre-pitiriase-versicolor-conhecida-como-micose-de-praia#

Deixe um comentário